sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Love



O amor que carrego.
O amor que preciso e que me falta a cada badalada.
É o amor que quero, o amor que sonhei, o amor que me completa.
Não é um amor de palavras.
Não é um amor de bens materiais.
Não é um amor de promessas
É um amor que acredito
Um amor que sonhei.
Um amor que faz bater o meu coração.
É um amor que mereço…
O amor onde me sufoco, um amor onde me prendo, um amor que me faz sonhar.
É um amor que me faz sorrir, estar de bom humor.
É um amor de alegria.
É um amor tão forte que o meu corpo vibra a cada batida desse mesmo coração…
Coração que me faz viver… acreditar.
Seja com lágrimas, seja com sorrisos, seja com preocupação… Seja, que seja… onde quer que estejas…
É nesse amor, e por esse amor, que acredito que há! Não sei como, não sei quando, não sei porque… nem se irei ter.
Mas é por esse amor, que quero ter a minha mão, enquanto viver…

Sentir o bater do meu coração, bem na palma da minha mão.
Até ao dia em que morrer…

Sem comentários:

Enviar um comentário