sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Egoismo de Pai...



Sinto que te estou a perder…
Não gatinhas, caminhas…
Não tentas dizer palavras, constróis frases.
Não me pedes beijos, tenho que implorar por eles.
Não me dás a mão, porque dizes não és mais uma bebé…
E o pior… é que sei que é verdade.
Sinto que te estou a perder…
Não é porque estás enorme, não é porque te vejo a tornar mulher…
É apenas egoísmo meu, te querer assim, pequenina. A menina dos meus olhos…
A minha bebé…
O meu sorriso, as minhas lágrimas, a minha prioridade…
Não é pelos anos que vão passando e que me tornam mais velho, não é por mim.
É pelos anos que passam a correr e te tornam mais independente.
Que me tornam menos preciso…
É egoísmo sim…
Mas, também é amor.
É a saudade de ser o teu mundo, de seres o meu mundo.
É a saudade de ti…
A saudade do brilho inocente do teu olhar… Brilho que te rodeia, que te ilumina, que te torna tão menina.
És tu! O mundo que vivo, onde me instalei…
E que tenho medo de perder…
Dos teus saltos para o meu colo, do teu abraço forte.
Da inocência em cada pergunta, cada dúvida.
Sinto que te estou a perder… Porque estás a crescer.
É egoísmo da minha parte.
Te querer tão perto, sempre perto de mim.

Sei que tens que crescer… É apenas o meu medo, da menina que és, vir a perder.

Sem comentários:

Enviar um comentário