segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Serei eu imune...




O dia podia até começar com um beijo teu, um abraço ou mesmo uma foda.
Mas não será assim. Porque eu estou imune a ti.
Estou imune ao teu cheiro... até o podia inalar mas, era indiferente.
Até poderia reparar nos teus mamilos a quererem saltar, até poderia reparar nas tuas pernas descobertas, nos teus pés nesses saltos altos. Que me excitam… ou poderiam excitar, caso não tivesse imune a ti.
Até poderia sentir o meu caralho a erguer-se ao ver-te morder o lábio inferior.
Poderia sentir as minhas pernas a perder forças quando visse esse decote.
Esse sorriso.
Esses cabelos que dá vontade de tocar. Acariciar… amarrar e puxar contra o meu peito.
Até poderias me dizer que não tens roupa interior, que te sentes húmida, que a tua boca é quente e o teu beijo sabe a nata.
Que queres.
Que desejas.
Que pensas e anseias.
Que também tu estás imune às minhas tentativas de sedução.
Sabes…
Estou imune a ti.
Resta saber, até quando essa imunidade permanece em mim.
Até quando te sou indiferente.
Até quando te irei resistir e se irei querer te resistir.
Serei eu imune a ti, ou será apenas um quebra-cabeças e uma tentativa de me enganar!

Serei eu imune… 

#L611 #BurningW

Sem comentários:

Enviar um comentário