segunda-feira, 31 de outubro de 2016

O teu melhor sonho...



Até quando me irás resistir?
Irás tu perder esse teu ar inocente, e cair em tentação?
Quando será a última vez que te irei ouvir longe do meu ouvido. 
Quando será a primeira vez que irei sentir a tua respiração a percorrer-me.
Sei que irás aparecer, desaparecer… desejar-me e afastar-me.
Irás querer que com uma chibata te marque os seios. Quando eu apenas os irei acariciar.
Pedes-me um beijo doce e suave, quando sabes que te irei beijar à bruta e te morder os lábios.
Somos diferentes…
Eu sou o perigo que queres correr. 
O pedaço de mau caminho. 
O teu melhor sonho húmido.
Sou tudo aquilo que hoje queres mas, que ontem evitavas ao máximo.
Estou longe de ser o quanto basta, dos teus desejos mais ocultos.
A tua vontade começa a ganhar vantagem perante o medo deste perigo. 
O perigo que eu sou.
Sabes que não me irás dominar… E isso irrita-te agora, desarma-te amanhã.
Revolta-te pensar que no meio da rua, sem que nada fosse prever, te puxasse para mim, sem pedido, sem aviso. 
E te desse um beijo sufocante. 
De tal maneira que até a tua intimidade se sentisse invadida.
E ainda te revolta mais, é que quando desejavas esse beijo, simplesmente não o desse, não o desejasse…
Sentes-te diferente quando sabes que não seria aquele tipo de homem que te seduzia mas, depois não consegues evitar. 
De olhar, de pensar, de desejar…
Não irei ser o que desejas, muito menos o que te apetece. Irei ser o que menos esperas e muito mais do que imaginavas.
Irei ser tão bruto que irás cerrar os dentes. 
Depois, irás corar perante a minha ternura e delicadeza. 
Sou o teu maior e mais desejado, perigo.
O perigo que queres correr! 

#L611 #BurningW

Sem comentários:

Enviar um comentário